O que acontece com as Ações se a empresa falir

O que acontece com as Ações se a empresa falir?

O que acontece com as Ações quando uma empresa vem a falência?

O que acontece com as ações se a empresa falir é uma pergunta que sempre recebemos quando o assunto é investimento em ações. Principalmente quando surgem casos em que a bolsa cai demais, ou quando uma empresa entra em recuperação judicial.  Mas se a empresa falir, perco meu dinheiro e preciso pagar alguma coisa? Tem algum custo?

Para investir em ações, precisamos levar em consideração que a escolha que fazemos, precisa ser de uma empresa com boa saúde financeira.

Também utilizamos como critério selecionar empresas de bons setores, aqueles que chamamos de setor perene por exemplo. É um setor onde o consumo é constante, como o de energia elétrica. Existem várias empresas que estão inseridas nestes setores conhecidos como setores perenes.

Mas existe na bolsa de valores as empresas Penny Stocks que inclusive não fazem parte do índice ibovespa. Estas são ações com valores abaixo de um real e geralmente apresentam alta volatilidade e empresas em recuperação judicial ou com algum “problema” momentâneo.

Mas no mundo financeiro, todos estão sujeitos a passar por crises, e uma empresa abrir o processo de recuperação judicial ou chegar a falência, pode ser uma realidade, mesmo que este não seja o desejo de nenhum investidor.

Entenda a lei de falências

A lei brasileira prevê que há uma ordem correta no pagamento de credores no caso da empresa falir, independentemente do regime de sociedade do negócio. Esta ordem é a seguinte:

  • Dívidas trabalhistas: salários, bonificações, rescisões e outros encargos devidos aos funcionários são pagos com prioridade;
  • Créditos com garantia real: hipotecas e financiamentos que têm algum bem da empresa como garantia, por exemplo;
  • Tributos e impostos;
  • Créditos de outras naturezas;
  • Multas;
  • Sócios, administradores e acionistas.

Os acionistas e sócios são os últimos contemplados com pagamentos após a falência de uma empresa. Na maioria dos casos, a massa falida do negócio não gera receitas suficientes para o pagamento de todas estas dívidas,então as chances de recuperar o valor investido em uma empresa caso ela abra falência é muito remota.

MMX FALIU

O caso MMX do Eike Batista

A MMX Mineração (MMXM3) confirmou, em comunicado ao mercado dia 19/05/2021, que a 6ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro decretou a falência da companhia e da MMX Corumbá Mineração, controladas por Eike Batista.

Os desembargadores reverteram uma liminar, de 28 de agosto de 2019, que suspendia o processo de falência.

Segundo a MMX, a decisão da 6ª Câmara, está sujeita a recurso que a companhia pretende interpor tão logo possível, após ser intimada oficialmente sobre a decisão.

As ações da MMX na Bolsa de Valores 

A partir do anuncio ao mercado do decreto de falência, as negociações foram interrompidas a partir de 20/05/2021, logo após a queda de -30% no dia anterior.

E-book Níveis de Governança da B3 - Atitude Investidora

Aproveite para baixar o ebook Níveis de Governança da B3

E o investidor, como fica?

O investidor neste momento com as ações perdendo valor e podendo chegar a zero, caso ele ainda a tenha em carteira, precisará analisar dois pontos.

O primeiro, é se ele está com estas ações em garantia, para realizar operações alavancadas, a corretora provavelmente solicitará depósitos extras para recompor esta garantia necessária para continuar com as operações.

No segundo caso, se você não estiver com estas ações sendo utilizadas como garantia, você precisará solicitar a corretora : “processamento de valores mobiliários sem valor” e este pode ter um pequeno custo para execução. Somente se estas ações tiverem suas negociações interrompidas.

Você como acionista não responde pelas decisões incorretas desta empresa, nem sobre as dívidas dela adquirida.

Conclusão

Ao investir em ações, analise onde você está colocando seu capital, pois um boa saúde financeira, poderá trazer muitos benefícios a você como investidor, principalmente no longo prazo. Entre eles estão a valorização de capital, dividendos, bonificação entre outros.

Diferente das ações, os fundos imobiliários possuem uma volatilidade menor e uma geram renda passiva todos os meses. É um investimento que vale a pena dar uma atenção especial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima